Blog

Qual a diferença entre o Coolsculpting e as demais técnicas de Criolipólise?

Você tem dificuldade de eliminar a gordura localizada com a dieta balanceada aliada a prática de exercícios? Saiba que não é preciso optar diretamente pela cirurgia. O Coolsculpting é líder mundial e um dos tratamentos mais procurados para essa finalidade e proporciona resultados eficientes e duradouros na estética corporal. 

Consiste em uma técnica inovadora e não-invasiva o qual utiliza os mecanismos da criolipólise, ou seja, elimina as células de gorduras por meio do frio. Mas, qual a diferença do Coolsculpting e demais técnicas da Criolipólise? Descubra tudo o que precisa saber neste post! 

O que é Coolsculpting e para quem é indicado?

O Coolsculpting é um procedimento estético corporal que promete reduzir a gordura localizada de forma uniforme e harmônica. O tratamento atua nas células de gordura através do resfriamento de forma controlada. Nesse tratamento, a gordura da área de aplicação é eliminada através do congelamento, isto é, a partir do mesmo princípio da Criolipólise.

Segundo a Dra Giovana, diretora da Clínica Giovana Moraes, o procedimento é ideal para quem sofre com as gordurinhas que nunca somem, mesmo que mantenha a alimentação equilibrada e a prática de exercícios em dia. Portanto, qualquer pessoa que queira esculpir o corpo de determinadas áreas que apresentam gorduras localizadas pode realizar o tratamento com o Coolsculpting.

O tratamento pode ajudar o paciente a perder peso, no entanto, não é um emagrecedor. Por isso, não é indicado para pessoas com excesso de peso, ou seja, com obesidade. O Coolsculpting tem uma ação localizada, eliminando o excesso de gordura em zonas específicas do corpo. 

Por essa razão, é preciso realizar um plano alimentar logo no início do tratamento com o objetivo de perder peso de forma saudável. Dessa maneira, ao aliar o Coolsculpting com uma dieta balanceada, o resultado é potencializado e mais duradouro. 

As contraindicações são para pacientes com hérnia umbilical, problemas de coagulação, urticária ao frio, crioglobulinemia (doença vascular definida pela presença de proteínas anormais que se tornam sólidas ao entrar em contato com temperaturas frias), gestantes e lactantes. 

Como o organismo se comporta após o tratamento com Coolsculpting?

O comportamento do corpo ao perder peso da maneira tradicional é diferente ao se submeter ao Coolsculpting. Ao praticar exercícios físicos e manter uma dieta saudável, as células de gordura diminuem de tamanho, mas não de quantidade. Com isso, as células sofrem um processo de redução e ficam com menos gordura no interior. 

Em outras palavras, normalmente, quando perdemos ou ganhamos peso, o número de células de gordura não aumenta ou diminui e sim, passam por um processo de alteração no tamanho. 

Em contrapartida, o procedimento de Coolsculpting destrói as células de gordura e as elimina de forma natural, o que evita a alteração de tamanho e volume. Desse modo, o paciente tem mais facilidade em manter o peso e o resultado é funcional e duradouro.

Quais os benefícios do Coolsculpting?

Entenda quais são os benefícios reais da técnica de Coolsculpting no seu corpo, a seguir:

  • Procedimento não-invasivo, ou seja, não envolve agulhas no processo e não afeta outros órgãos que não sejam a gordura;
  • Possibilita resultados semelhantes à lipoaspiração, mas muito menos agressivo para o corpo;
  • Possui poucas contraindicações;
  • Segurança durante todo o procedimento, uma vez que a tecnologia permite o controle do resfriamento – 8 milhões de tratamentos realizados, além de aprovações nos principais órgãos regulatórios: FDA, CE Mark e Anvisa;
  • Sintomas gerados durante a sessão são altamente toleráveis;
  • Recuperação menos complexa, isto é, o paciente pode retomar as atividades imediatamente;
  • Resultados a partir de 2 meses, sendo que a eliminação completa das células de gordura podem continuar por até 6 meses após o procedimento;
  • Tem durabilidade de até 9 anos, desde que o peso seja mantido.  
  • Melhora o contorno do corpo e rosto, aumentando a autoestima do paciente.
  • 82% de satisfação dos pacientes

Como funcionam as sessões de Coolsculpting?

As sessões de Coolsculpting são bastante tranquilas e simples. O procedimento dura em média 45 minutos, dependendo da região do corpo submetida ao tratamento. Os locais de aplicação podem ser: peitoral, braços (gordura do sutiã), papada, abdômen, culote (bananinha), flancos, costas, parte de baixo do glúteo e parte interna da coxa

Durante a sessão, o profissional posiciona uma manta de gel e um aplicador na área. Em seguida, o equipamento faz o movimento de puxar e segurar a gordura localizada para resfriá-la. Dessa forma, a célula é congelada, destruída e eliminada pelo organismo de forma natural. 

As sensações durante o procedimento podem variar de paciente para paciente. De modo geral, a pessoa pode sentir um frio intenso que desaparece rapidamente, assim como qualquer outra sensação que surja durante o tratamento. Isso porque a região fica dormente em decorrência das baixas temperaturas, o que funciona como um anestésico local.

Ao término do tratamento, um leve formigamento pode ocorrer na região, mas nada impede o retorno às atividades cotidianas. A razão disso é que a tecnologia não afeta a pele ou outros órgãos, dispensando a necessidade de repouso ou cuidados específicos após a aplicação. 

Afinal, qual a diferença entre Coolsculpting e Criolipólise?

Muitas vezes, o Coolsculpting e a Criolipólise são confundidos, já que ambos se tratam de um tratamento que envolve o congelamento das células de gordura. Contudo, é importante salientar que os tratamentos e as técnicas utilizadas são bem diferentes. 

O Coolsculpting é uma técnica que congela a gordura a -11 graus Celsius de forma homogênea, levando à destruição total das células gordurosas. Em contrapartida, as outras técnicas de Criolipólise, geralmente, atingem no máximo -6 graus Celsius e de maneira irregular. Desse modo, a Criolipólise apenas reduz o tamanho das células de gorduras, podendo retornar ao estágio inicial conforme o tempo, ou seja, o resultado não é duradouro. 

Além disso, pesquisas comprovam que o Coolsculpting garante a redução de até 27% da gordura corporal. Dessa forma, podemos dizer que o procedimento é inovador, duradouro, mais eficiente do que todas as outras técnicas disponíveis no mercado e, principalmente, liberado por todos os órgãos fiscalizadores da saúde no Brasil e no mundo. Isto é, a tecnologia foi pensada para garantir o bem-estar do paciente e a sua segurança!

 

 

Agora que você conhece mais um pouco sobre o Coolsculpting, quer saber se você pode realizar esse procedimento? Entre em contato conosco e agende uma avaliação na Clinica Giovana Moraes.

Contato

WeCreativez WhatsApp Support
Nossa equipe está preparada para responder todas as suas dúvidas
👋 Olá, como podemos ajudar?